Prefeito cassado é reconduzido por determinação do TSE

Prefeito cassado é reconduzido por determinação do TSE
junho 05 14:18 2015 Imprimir matéria

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) comunicou à Câmara Municipal de Engenheiro Paulo de Frontin, a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que devolveu o mandato ao prefeito eleito em 2012, Marco Aurélio Sá Pinto Salgado (PMN), e à vice Maria Clara Motta Schmidt (PMDB). O ofício determina que a Câmara dos Vereadores reconduza os dois políticos à chefia do Poder Executivo municipal, de onde foram afastados em agosto de 2013, quando assumiu o segundo colocado, João Carlos de Rego Pereira (PDT).

Em dezembro de 2012, o prefeito Marco Aurélio Salgado e a vice-prefeita Maria Clara Schmidt foram cassados pelo Juízo da 74ª ZE, por compra de votos e abuso de poder econômico e político na campanha eleitoral de 2012. Em julho do ano seguinte, a decisão foi confirmada pelo plenário do TRE-RJ, mas o Tribunal Superior Eleitoral reformou a cassação no mês passado por “ausência de prova robusta a alicerçar a condenação”. A decisão do TSE, não cabe recurso e o prefeito e a vice, ficarão nos cargos até o final do mandato em dezembro de 2016.

  Categories:
Veja mais notícias

Autor da matéria

Fabiano Perfil
Fabiano Perfil

Veja mais notícias